Conheça dez calçados Élie que todo homem deve ter

Produzidos com fibras vegetais para proteger os pés durante árduas ou leves caminhadas, com couro para aquecer os mesmos nos dias frios e chuvosos ou com ouro, para distinguir classes sociais, junto aos modelos confeccionados com papiro, madeira, palha e fibra de palmeira, esses são exemplos dos primeiros sapatos que surgiram no mundo, ainda lá na Mesopotâmia e no Egito, há cerca de cinco mil anos antes de Cristo.

Longe da exclusividade dos primeiros exemplares, estudos apontam que foi somente a partir de 1760, quando a primeira fábrica de sapatos foi inaugurada em Massachusetts, nos Estados Unidos, que a produção em massa apareceu pela primeira vez.

E sabe essa facilidade que há para diferenciar o sapato feito para o pé esquerdo do direito? Isso não existia antes do ano de 1822, acredite se quiser: era o mesmo formato para os dois pés!

Parece estranho imaginar, não é? Porém, essa evolução e transcendência dos calçados só foi possível com o passar do tempo, período que permitiu alterações significativas como a utilização da borracha e dos materiais sintéticos, por exemplo.

E para atiçar o seu desejo pela leitura e pelos nossos calçados, nossa primeira imagem traz a singular Élie Hama Castanho, uma bota coturno para ninguém botar defeitos.

Essenciais para compor os mais autênticos e belos looks masculinos, os calçados são, sem dúvidas, a parte que atrai todos os olhares por onde os homens passam.

Cientes desse poder que o sapato possui, nós, do Mundo Élie, pesquisamos bastante sobre a história dos estilos mais procurados por nossos amigos e clientes e, com muita satisfação, já podemos compartilhar a trajetória e quais os dez modelos Élie que todo homem moderno precisa ter:

Derby

Sabe aquela velha afirmação “um clássico é sempre um clássico”? Ela pode ser usada perfeitamente quando o assunto for o estilo de calçado derby, que quando definido é aquele calçado no qual o cadarço permanece preso a aba lateral costurada no mesmo. E, claro, quando o modelo é Élie, o clássico fica mais irresistível e atraente ainda!

Criado há mais de um século e considerado o segundo colocado entre os modelos mais importantes do guarda roupa masculino, esse estilo representa parte da revolução dos calçados devido ao detalhe de sua amarração por laço.

Versátil e elegante, o queridinho Derby Deir Zor Whisky é um dos nossos campeões de vendas e combina com looks preparados para o dia a dia profissional e até com aqueles formais, escolhidos para festas e ocasiões especiais. Outro fator positivo do modelo representado é o conforto que suas abas laterais proporcionam – design capaz de favorecer desde os pés mais gordinhos, altos ou largos.

Esse modelo Élie Derby Deir Zor Whisky, sem dúvidas, prova que o tradicional nunca sai de moda.

Oxford

Ah! Se tem um modelo capaz de atravessar gerações e continuar na primeira posição nas pesquisas de preferência é esse, que antes mesmo de conquistar os universitários de Oxford e receber esse nome, logo quando surgiu para substituir as botas de cano longo, no Reino Unido, foi nomeado de “Balmoras” em homenagem a rainha do Castelo Balmoral.

Disponível em quatro modelos, a principal característica do modelo Oxford é o cadarço costurado direto no corpo do calçado, ou seja, diferente do Derby, sem a presença de abas laterais – e é essa a principal diferença entre os dois estilos! Símbolo fiel de estilo, elegância e formalidade, esse modelo é indicado para festas, reuniões e eventos corporativos, casamentos e até mesmo com combinações de esporte fino.

Para nós, do Mundo Élie, os clássicos não podem ficar de fora na hora da compra, portanto, se sua intenção é exibir o máximo da elegância e sofisticação, confira os nossos modelos Oxford e arrase!

Esse calçado é capaz de conquistar todos os gostos e estilos, não é mesmo?

Brogue

Fácil de ser reconhecido, o sapato inserido no estilo Brogue possui pequenos furos decorativos e são eles que propagam o nome desses calçados. Esse detalhe (que conquista as coleções e os corações), de acordo com as pesquisas, surgiu ainda na Irlanda, quando os trabalhadores locais furavam os seus calçados para realizarem tarefas externas, tudo para acelerar e facilitar a drenagem da água.

Popular entre os homens de todos os quatro cantos do mundo, o Brogue foi idealizado para ser um sapato casual mas, segundo sua história, foi somente na década de 1930, quando estrelas hollywoodianas desfilaram com modelos da linha derby, que os mesmos foram oficialmente reconhecidos como acessórios masculinos formais.

Com toda exclusividade que um calçado Élie apresenta, nossos itens derby, como o maravilhoso Brogue Damasco Preto, comprovam como a versatilidade ganhou forma e espaço no decorrer dos anos, tornando possível agora aliar, até mesmo um exemplar ao look casual com uma calça jeans ou formal, quando combinado a um belo terno.

Assim como os furinhos definem a categoria Brogue, os modelos Élie definem o homem.

Ankle boots, Chukka boots e Desert boots

Representação fiel da masculinidade e de todo estilo e força dos homens, esse estilo atravessou todas as barreiras possíveis e permanece entre os mais procurados. Com modelos para todos os gostos e necessidades, esse calçado é conhecido por seu cano, que fica na altura do tornozelo, é campeão de vendas e carrega em cada passo a firmeza indispensável para encarar o dia a dia.

No entanto, de maneira proporcional aos seus quesitos e utilidades, há uma série de nomes para seus exemplares, entre as categorias estão: chelsea, chukka boot e desert boot. Conheça agora sobre cada uma das citadas acima:

Chelsea: conhecida por ser simples de usar e combinar, essa categoria une o clássico ao atual e foi desenvolvida para permitir melhor desempenho ao cavalgar, que era o principal meio de transporte na época em que foi produzida. Ícone de estilo e inspiração para os mais belos e modernos looks, a Chelsea apresente variação na cor, tamanho, formato, material e pode ser escolhida para eventos formais e casuais.

Não há motivos para esse modelo ainda estar fora da sua coleção de sapatos Élie!

Chukka boot: presente no visual dos mais famosos jogadores de polo ainda durante os anos de 1920, esse modelo de bota masculina foi visto pela primeira vez nos Estados Unidos e recebeu o nome de Chukka pois é assim que chamam o período de sete minutos e meio que dura uma partida.

Embora produzida com outros materiais e inferiores nas primeiras versões, sabe-se que esse modelo, que hoje é tradicional, foi elaborado para proteger os pés dos participantes durante os segundos de cada partida.

Entre as mais procuradas da categoria no site Élie está a Al Hasakah T Mouro, versão que reúne estilo, conforto, proteção, durabilidade e beleza em cada centímetro e detalhe.

Além de oferecer toda proteção que os pés precisam, essa Al Hasakah tem o poder de modificar qualquer produção.

Desert boot: conforme consta nos arquivos, esse modelo surgiu em 1940, ano em que Nathan Clark, um dos membros da tradicional família inglesa, era o responsável pelos serviços militares durante a Segunda Guerra Mundial. Na ocasião, o jovem conheceu um calçado africano, o “afrikaans”, que além de funcional, era perfeito para as condições do deserto e muito usado pelos oficiais quando não estavam em horário de trabalho.

Foi então que, ao retornar para o seu país, Clark desenvolveu um modelo semelhante ao citado, uma bota com cano curto, produzida com os melhores materiais encontrados.

Monk Strap

Imaginado e criado por antigos monges, esse modelo ganhou popularidade devido ao quesito resistência e proteção, afinal, conforme a necessidade dos religiosos, ele cobre todo o pé e em nada deve quando o assunto é durabilidade.

Ao abandonar os conhecidos cadarços, essa versão de calçado masculino com formato arredondado e bico fino, traz alça e fivela em seu desenho, o que permite facilidade e praticidade no momento de calçar. E ao contrário do que acreditavam há alguns anos, o Monk Strap pode sim ser utilizado pelos mais jovens e vale a pena investir em sua presença nos mais diversos eventos.

Calçado de desejo dos homens das mais variadas idades e gostos, o Monk Strap Madaya esbanja as principais características Élie e, por isso, também está na lista do mais usados por nossos amigos e clientes.

A cada dia mais, os calçados produzidos de acordo com o estilo Monk Strap ganham espaço e provam que podem ser utilizados por homens de qualquer idade.

Tênis

Produzido com uma cor que agrada todos os gostos, esse Élie Maaloula Marinho é um dos mais procurados pelos homens de bom gosto.

Difícil encontrar um homem que não tenha ao menos um par de tênis em seu guarda roupa, concorda? Afinal, mais flexível que esse modelo criado lá em 1931 para as mais diversas práticas esportivas, não há!

O objetivo inicial quando esses modelos ganharam a linha de frente das fábricas era favorecer o impulso no momento dos exercícios e foi na cidade de Nova Iorque que as pessoas aderiram pela primeira vez aos calçados que eram descritos como fechados, feitos de couro e sola de borracha.

Hoje, muito além do uso exclusivo para os exercícios físicos, os tênis são aliados dos mais diferentes vestuários, idades e gostos.

E o melhor dessa linha de produção? Há modelos para todos os gostos, estilos e ocasiões! Prova disso são os modelos abaixo citados, entre eles é possível encontrar um exemplar tanto para os homens mais discretos, quanto para aqueles mais aventureiros e ousados.

Lataquia T Mouro, esse também é um modelo Élie que todo homem que almeja unir esporte e estilo, deve ter em seu closet.
Clássico e elegante, esse modelo Élie Saladino Preto deixa impecável qualquer produção.
Ousado e original, esse modelo Élie Raqqa na cor grafite deixa o look mais jovem e garante mobilidade.

Que tal garantir um de cada dessa nossa valiosa lista com os dez modelos Élie que todo homem moderno precisa ter? Aproveite agora nossas condições e garanta o melhor companheiro para você e os seus pés!

« »

© 2020 Élie – Calçados e Acessórios Masculino Todos os direitos são reservados Élie.